25/6/19
 
 
Investigadores portugueses criam sistema de limpeza de águas residuais com cascas de pinhão

Investigadores portugueses criam sistema de limpeza de águas residuais com cascas de pinhão

Dreamstime Jornal i 21/03/2019 11:35

Equipa de investigadores ganhou um prémio pela criação deste sistema

Um grupo de investigadores da Universidade de Lisboa e do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) criou um sistema, recorrendo a cascas de pinhão, que limpa as águas residuais.

O sistema ajuda a remover compostos farmacêuticos presentes nas águas que estão a ser tratadas em Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR). 

"É uma opção tecnológica que envolve baixos custos de investimento, tem alguns custos de operação, mas é de fácil aplicação e permite que as entidades gestoras tenham uma ferramenta para, com relativa facilidade, aumentarem o controlo de alguns destes compostos", disse à Lusa Maria João Rosa, do LNEC.

A investigadora explicou ainda que em vez de recorrerem a "compostos comerciais" decidiram usar produtos "feitos a partir de resíduos nacionais, neste caso a casca de pinhão e produzimos carvões de forma ambientalmente sustentável".

O sistema foi desenvolvido no âmbito do projeto LIFE Impetus e recebeu o prémido Wex Global 2019 - Inovação em Tecnologia.

Agora, depois de ter passado por uma fase de testes, a ideia é avançar com uma produção a nível mundial.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×