14/12/19
 
 
Homem telefona à polícia a dizer que vai matar a mulher

Homem telefona à polícia a dizer que vai matar a mulher

Jornal i 20/03/2019 12:25

Mulher já tinha apresentado várias denúncias por violência doméstica

A PSP de Carnaxide, Oeiras, recebeu uma chamada telefónica de um homem, no sábado, pouco depois da meia-noite, a pedir a deslocação célere a sua casa.

"Venham rápido senão eu mato-a", terá dito o homem, de 59 anos aos agentes da PSP. Quando estes chegaram à residência do homem, este estava a comportar-se de forma muito agressiva chegando a ameaçar de morte a mulher à frente dos polícias, que apesar de ter requisitado a presença deles não deixou de os injuriar.

O homem viria a ser preso por ter tentado estrangular a companheira e a ter ameaçado de morte em frente aos polícias, escreve o Correio da Manhã.

A mulher revelou aos agentes que já tinha denunciado o marido várias vezes por agressão. Segundo a vítima, o homem, que estaria alcoolizado, terá começado uma discussão e apertou-lhe o pescoço com as mãos, tentando estrangulá-la.

O homem, detido naquela noite, já foi presente a um juiz de instrução criminal do Tribunal de Oeiras, tendo ficado sujeito a apresentações periódicas numa esquadra da PSP, além de ter ficado obrigado a sair da casa onde vivia com a mulher, de quem está também proibido de se aproximar, tendo por isso imã pulseira eletrónica que revela a sua localização.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×