5/8/21
 
 
Sporting quer cerveja no estádio para aumentar a segurança

Sporting quer cerveja no estádio para aumentar a segurança

Carlos Álvares Jornal i 19/03/2019 12:13

Administrador do clube sublinha também a provável subida de receitas

Subir receitas, melhorar experiência de assistir a um jogo e baixar riscos de segurança, é assim que o administrador do Sporting Miguel Cal justifica a vontade de que a venda de bebidas alcoólicas seja permitida em Alvalade.

O administrador leonino contou à agência Lusa que não é só o Sporting que pretende que a venda seja permitida, o assunto, segundo Miguel Cal, está mesmo a ser discutido em grupos de trabalho na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e uma proposta de "alteração à lei atual, está já "em apreciação pelo parlamento".

Miguel Cal deu mesmo o exemplo do clube inglês Chelsea, que obteve receitas mais elevadas após a autorização de venda de bebidas alcoólicas nos jogos europeus. Para o administrador a permissão de venda de álcool iria também acabar "com a discriminação entre adeptos" da zona VIP, onde o consumo é permitido.

O administrador sublinhou também que a venda de cerveja no interior do recinto iria fazer com que a entrada dos adeptos fosse mais espaçada, “evitando as tradicionais filas antes do apito inicial”, o que reduziria a acumulação de pessoas que estão em torno do estádio.

Questionado sobre o risco de aumentar a insegurança, Miguel Cal defendeu que aconteceria "precisamente o contrário", na sua opinião a entrada ordeira nos estádios, em vez de ser em cima da hora do jogo, permite um maior rigor na revista de segurança.

Cal fez ainda questão de frisar que a pretensão não é exclusiva do Sporting, adiantando que o desejo de alteração está mesmo a ser liderado "pela própria Liga".

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×