29/3/20
 
 
Índia também interdita espaço aéreo a Boeing 737 MAX

Índia também interdita espaço aéreo a Boeing 737 MAX

Dreamstime Jornal i 13/03/2019 07:44

Vários outros países do mundo estão a juntar-se a estas decisões

Esta quarta-feira, o Governo indiano decretou que, a partir de hoje, os aviões Boeing 737 MAX estão proibidos de usar o seu espaço aéreo, após o acidente na Etiópia ter feito 157 vítimas mortais.

Além de ter anunciado a proibição do espaço aéreo, a Ministério da Aviação Civil deste país ordenou também, durante a noite de ontem, a suspensão "imediata" de voos operados com esses aparelhos pelas duas companhias aéreas indianas: a Jet Airways e Spicejet.

Também na manhã desta quarta-feira os Emirados Árabes Unidos, a Malásia, a Nova Zelândia e as ilhas Fiji anunciaram que vão encerrar o espaço aéreo aos aviões Boeing 737 MAX. 

Recorde-se que este é o segundo acidente com o modelo 737 Max 8 da gigante norte-americana. Em outubro, um avião com 189 pessoas a bordo caiu ao largo da Indonésia, sendo que a aeronave em causa chegou ao mercado há três anos.

O acidente mortífero de domingo perto da capital etíope também teve consequências na bolsa, levando a uma queda de 5,33% na segunda-feira. Hoje as mesmas ações também caíram 2% em Wall Street, o que representa uma perda de capital de 13 mil milhões de dólares, 11,5 mil milhões de euros.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×