23/9/19
 
 
Póvoa de Lanhoso. Idoso acamado morre após incêndio

Póvoa de Lanhoso. Idoso acamado morre após incêndio

João Porfírio Jornal i 10/03/2019 11:13

Vítima tinha 86 anos

Um homem de 86 anos morreu, este sábado de madrugada, devido a uma intoxicação por inalação de fumo, depois de um incêndio deflagrar na casa onde vivia em Geraz do Minho, Póvoa de Lanhoso.

Segundo o Correio da Manhã, o homem estava acamado há vários meses devido a uma doença que o impedia de caminhar.

O mesmo jornal escreve que o incêndio deflagrou num aparelho elétrico no quarto onde dormia, na casa do filho. Embora tenha sido socorrido, o homem acabou por não sobreviver devido à inalação de fumo.

Foi o filho da vítima a dar conta do incêndio. Embora tenha tentado entrar no quarto onde o pai dormia, acabou por ser impedido pelo fumo e pelo calor intenso.

"Deparámo-nos com a vítima na cama, com sinais de intoxicação por inalação de fumo. Ainda tentámos manobras de socorro, mas já não foi possível reverter a situação", disse António Veloso, comandante dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, citado pelo Correio da Manhã.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×