24/5/19
 
 
Duas crianças palestinianas morrem por soldados impedirem a chegada de ajuda

Duas crianças palestinianas morrem por soldados impedirem a chegada de ajuda

AFP João Campos Rodrigues 07/03/2019 20:15

As crianças morreram queimadas vivas num incêndio na zona ocupada de Hebron. Vídeos mostram soldados israelitas a impedirem a passagem dos bombeiros

Duas crianças, uma das quais teria apenas 18 meses, morreram num incêndio em Hebron, na Cisjordânia, na noite de ontem, cuja causa ainda é desconhecida. Uma delas terá morrido no local e a outra sucumbiu dos ferimentos de manhã no hospital. Uma terceira criança, irmão dos outros dois rapazes, sofreu queimaduras graves e permanece nos cuidados intensivos, segundo o Middle East Monitor.

Apesar dos serviços de emergência terem sido chamados ao local, os bombeiros foram impedidos de passar por soldados israelitas. Um vídeo mostra o camião dos bombeiros parados numa rua estreita, impedido de passar por um checkpoint israelita, enquanto os habitantes locais imploram aos soldados "abram o portão depressa, pelas crianças". Os soldados não responderam perante o pedido, tendo atrasado a chegada de auxílio às crianças.

Não será a primeira vez que as autoridades israelitas impedem os serviços de emergência palestinianos. Segundo dados da Sociedade Crescente Vermelho Palestiniana, ambulâncias foram impedidas de passar checkpoints israelitas em pelo menos 123 ocasiões desde 2015. No entanto, segundo a lei internacional, as forças armadas israelitas, enquanto exército de ocupação, estão proibidas de impedir acesso a cuidados médicos e serviços de emergência às populações sob a sua alçada.   

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×