18/10/19
 
 
Irregularidades levam à suspensão da venda de bilhetes para a Eurovisão

Irregularidades levam à suspensão da venda de bilhetes para a Eurovisão

Jornal i 04/03/2019 12:30

Grande parte dos bilhetes para os melhores lugares foram distribuídos por figuras públicas

A KAN, emissora estatal israelita, suspendeu no passado domingo a venda de bilhetes para a Eurovisão. Esta decisão foi tomada após terem sido levantadas suspeitas sobre irregularidades no processo de venda realizado pelo portal digital Leaan.

O motivo desta suspensão é, segundo a Kan, o facto de grande parte dos bilhetes para os melhores lugares terem sido distribuídos por personalidades de relevo do panorama televisivo e desportivo israelita, incluindo dois anfitriões do evento, em vez de terem sido disponibilizados para serem adquiridos pelo público em geral.

“A pedido da KAN guardámos alguns bilhetes para os seus convidados”, afirmou a Leaan, acrescentando que a venda de bilhetes estava a ser feita exatamente de acordo com as instruções da KAN.

As entradas, que custam entre 75 e 500 euros, foram postas à venda na passada quinta-feira, tendo o primeiro lote para a grande final de 18 de maio, em Telavive, esgotado em cerca de duas horas. No entanto há ainda bilhetes disponíveis para as semifinais de 14 e 16 de maio.

A cidade israelita vai este ano acolher o Festival da Eurovisão depois de a cantora Neta Barzilai ter vencido a final passada, que decorreu em Lisboa, com a música “Toy”. Portugal vai ser representado por Conan Osíris, que venceu este ano o Festival da Canção com o tema “Telemóveis”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×