18/7/19
 
 
PGR oferece ajuda judiciária para investigar rapto de português em 2016

PGR oferece ajuda judiciária para investigar rapto de português em 2016

João Biscaia Jornal i 27/02/2019 19:40

Empresário português desapareceu na província de Sofala, em Moçambique, em julho de 2016.

Esta quarta-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) portuguesa ofereceu ajuda judiciária à PGR moçambicana com o intuito de investigar o desaparecimento de um empresário português na província de Sofala, em julho de 2016.
De acordo com uma nota enviada à agência Lusa, a PGR indica que "dirigiu ofício à sua homóloga de Moçambique, no sentido de manifestar a disponibilidade de cooperação, no âmbito da cooperação judiciária e/ou policial relativamente à matéria referida".

Recorde-se que, ao longo destes anos, Portugal ofereceu, por várias vezes, ajuda judiciária a Moçambique para encontrar o empresário português, Américo Sebastião, tendo as autoridades moçambicanas recusado sempre.
O processo de investigação ao rapto foi reaberto no início de julho do ano passado pelo Ministério Público moçambicano.

Américo Sebastião foi raptado numa estação de abastecimento de combustíveis e está desaparecido desde o dia 29 de julho de 2016, em Nhamapadza, distrito de Maringué, no centro de Moçambique.

De acordo com a família, os responsáveis pelo rapto utilizaram todos os cartões de débito e crédito do português para levantarem "4.000 euros".

Até agora, nada se sabe acerca do seu paradeiro.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×