18/11/19
 
 
Violência doméstica. Governo quer decretar dia de luto nacional por vítimas

Violência doméstica. Governo quer decretar dia de luto nacional por vítimas

Dreamstime Jornal i 27/02/2019 12:39

Proposta vai ser apresentada por Mariana Vieira da Silva

O Governo poderá decretar um dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica a 7 de março. A proposta vai ser apresentada pela ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva, já na próxima reunião de Conselho de Ministros, esta quinta-feira.

“Esse dia é um dia em que nós devemos, não apenas homenagear as vítimas, não apenas solidarizarmo-nos com as famílias, mas também todos, coletivamente, renovarmos o nosso propósito de continuar este combate e de todos, coletivamente, podermos responder”, defendeu Mariana Vieira da Silva, citada pela agência Lusa.

“Quanto mais consciente for a sociedade de que este é um crime que queremos eliminar, de que esta violência tem de ser combatida e que todos temos de definir a capacidade de resposta, mais capazes seremos de enfrentar esta dimensão”, acrescentou a ministra, que está a ser ouvida pela primeira vez na subcomissão para a Cidadania e Igualdade de Género, na sequência de um requerimento, com caráter de urgência, para a audição da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, sobre violência doméstica.

Embora realce que têm sido tomadas medidas relativamente a este tema, Mariana Vieira da Silva admite que ainda não está tudo feito.

A ministra defende que o combate à violência doméstica é uma tarefa de todos e que é preciso acabar com a banalização e a indiferença sobre o assunto. Para isso, é preciso o apoio de toda a sociedade: homens ou mulheres, partidos políticos, tribunais, polícia ou sociedade civil.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×