16/9/19
 
 
Grupo Altri e BPI lançam emissão de obrigacionista para financiar nova central termoelétrica

Grupo Altri e BPI lançam emissão de obrigacionista para financiar nova central termoelétrica

Jornal i 26/02/2019 16:36

A central a biomassa irá permitir a diminuição da dependência externa e o efeito de estufa que resulta da utilização de combustíveis fósseis. 

O grupo Altri lançou a primeira emissão obrigacionista "verde" admitida à negociação em Portugal no mercado não regulamentado Euronext Access Lisbon, através da participada Sociedade Bioelétrica do Mondego, S.A.(“SBM”), e o Banco BPI, S.A.(“BPI”). 
Esta foi organizada, montada e subscrita pelo banco e tem como finalidade apoiar os investimentos para a construção de uma nova central termoelétrica a biomassa na Figueira da Foz, por parte da SBM. A emissão terá um custo de 50 mil euros. 

Este investimento insere-se na estratégia do Grupo Altri para a politica energética nacional e diversificação das fontes energéticas, "através da construção de uma central de produção de eletricidade a partir de fontes não convencionais (designadamente, a valorização energética de biomassa florestal), com a potência térmica de 135 MWt, à qual corresponde a produção líquida de eletricidade de 34,5 MWe para venda à rede do Sistema Elétrico Público (SEP)", explicou a Altri em comunicado. 

A central a biomassa irá permitir a diminuição da dependência externa e o efeito de estufa que resulta da utilização de combustíveis fósseis. Além de contribuir para a criação de emprego e para o ordenamento da floresta irá reduzir os riscos de incêndio. 

"Enquanto organizador e subscritor desta emissão, o BPI contribui com uma solução de financiamento estruturado e sustentável, reforçando o seu papel de financiador de referência das empresas portuguesas através da adoção de soluções inovadoras". disse a Altri.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×