29/7/21
 
 
Galatasaray-Benfica. Águia quebra enguiço e está mais perto dos ‘oitavos’

Galatasaray-Benfica. Águia quebra enguiço e está mais perto dos ‘oitavos’

Laura Ramires 14/02/2019 19:58

Encarnados vencem por 2-1. Foi o primeiro triunfo de sempre do Benfica em solo turco

O Benfica alcançou, esta quinta-feira, a sua primeira vitória de sempre na Turquia. O 1-2 em Istambul deixa os encarnados mais perto dos oitavos-de-final da Liga Europa e confirma o percurso quase perfeito de Bruno Lage, que chegou há cinco semanas à equipa principal das águias.

Estreia de sonho para Bruno Lage nas competições europeias. O Benfica venceu (2-1) o Galatasaray na primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa e colocou um ponto final na malapata em solo turco: até esta quinta-feira os encarnados nunca tinham vencido na Turquia – em sete jogos registava quatro empates e três derrotas.

O resultado obtido frente ao conjunto do ex-FC Porto Fernando e Marcão (ex-Chaves e ex-Rio Ave) vem confirmar o percurso quase imaculado do antigo técnico da equipa B das águias ao serviço da equipa principal.

Um mês e uma semana depois de ter rendido Rui Vitória no comando técnico dos encarnados, Lage soma 9 vitórias em 10 jogos – nos quais se destacam os triunfos no duplo dérbi com o Sporting e, naturalmente, o 10-0 histórico conseguido diante do Nacional, no último fim de semana.

A única derrota da águia foi, de resto, com o FC Porto no jogo da meia-final da Taça da Liga.

 

Lage aposta na prata da casa

Na conferência de imprensa em que anteviu o duelo com o Gala, o único, aliás, entre duas equipas vindas da Liga dos Campeões nesta fase da prova, Bruno Lage admitiu que iria poupar alguns titulares para este encontro. Despreocupado, o técnico das águias destacou ainda as “várias soluções” que o clube apresenta para responder aos vários compromissos em agenda.

Dito e feito. Lage promoveu uma autêntica revolução no onze encarnado – tirou André Almeida, Grimaldo, Pizzi, Gabriel, Samaris e Rafa – e lançou seis jogadores da formação do Seixal: Rúben Dias, Ferro, Yuri Ribeiro, Florentino, Gedson e João Félix.

Foi precisamente dos pés de Yuri Ribeiro que surgiu a grande penalidade que permitiu ao Benfica inaugurar o marcador aos 27 minutos. Na sequência de um cruzamento feito pelo lateral esquerdo dos encarnados, o árbitro considerou que Marcão cortou com o braço e assinou penálti a favor das águias. Chamado a marcar, Salvio rematou colocado, sem hipóteses para o guardião do conjunto adversário.

Já na segunda metade, os homens da casa chegaram ao empate por Luyindama, que cabeceou para os fundos da baliza à guarda de Vlachodimos (54’).

A igualdade, porém, manteve-se por apenas dez minutos, altura em que Seferovic fixou o resultado final em 2-1 (64’), num lance em que o antigo central do Chaves e do Rio Ave fica mal na fotografia. O avançado suíço recebeu de Rúben Dias – que lançou para as costas da defesa turca –, e, com um remate em arco, assinou o 17.º golo da presente época, que já é a melhor da sua carreira.

Com este resultado, o Benfica está mais perto dos oitavos-de-final da prova e vinga-se do desaire sofrido em 2015/16, em jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões, disputado na Arena de Istambul, a única vez até ontem que as duas equipas se tinham defrontado no reduto do Galatasaray.

No geral, este foi o quinto jogo entre Galatasaray e Benfica, que apresentam agora um empate: duas vitórias para cada lado e um empate.

Os comandados de Bruno Lage voltam a defrontar os turcos na próxima quinta-feira (21 fevereiro), em jogo da 2.ª mão da eliminatória, mas ainda antes disso, o plantel encarnado terá outro desafio, a contar para a Liga portuguesa.

No final do encontro, o técnico encarnado lembrou que o resultado “é um marco importante para o clube”, mas sublinhou que esta “é uma eliminatória” ainda que o Benfica esteja “neste momento em vantagem”.

Lage voltou ainda a abordar a gestão do plantel: “Fiz o que senti, do que vejo nos treinos, daquilo que foi o mês de Dezembro e o de Janeiro”. “Definimos que este seria o melhor 11 e delineámos a estratégia”, continuou.

No fim assegurou: “Há um compromisso enorme entre todos”.

Já o autor do golo da vitória, o suíço Seferovic, realçou o bom resultado, mas já aponta ao próximo jogo: “O resultado é muito bom, mas temos que trabalhar ainda mais no próximo jogo”.

 

A pressionar o FC Porto

Ainda antes de receber o Galatasaray na Luz, a águia tem uma deslocação até Vila das Aves, marcada para segunda-feira. O Benfica mede forças com o Desp. Aves no fecho da jornada 22 do campeonato português, numa altura em que é 2.º classificado a apenas um ponto do líder FC Porto.

Os azuis-e-brancos, por sua vez, vão entrar em ação no sábado, com a recepção ao V. Setúbal.

Os comandados de Sérgio Conceição deixaram oficialmente de ter margem para novos tropeções já que qualquer resultado que não seja um triunfo ante os sadinos pode significar perder o primeiro posto na tabela.

O dragão atravessa a pior fase numa altura em que soma três jogos sem vencer – antes de perder no terreno da Roma, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, registou dois empates em jogos da I Liga, com o Moreirense e V.Guimarães.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×