27/6/19
 
 
França. Cidade vai multar donos de cães que ladrem repetidamente

França. Cidade vai multar donos de cães que ladrem repetidamente

Dreamstime Jornal i 13/02/2019 07:13

"A cidade nada tem contra os cães, mas quem os quiser ter, tem que os educar"

O objetivo é diminuir a poluição sonora e, por isso, desde a última segunda-feira, em Feuquières, França, quem tiver cães que ladrem “de forma prolongada” habilita-se a ter que pagar uma multa de 68 euros.

Citado pelo Le Parisien, Jean-Peirre Estienne, presidente da Câmara, explica que a decisão se deve ao facto de certos cães “que ladram dia e noite” criarem um clima “intolerável” na cidade.

A nova lei proíbe ainda que estes animais fiquem em áreas fechadas sem os donos por perto, de forma a evitar “latidos prolongados ou repetidos”.

"O objetivo não é proibir os cães nem vamos multar as pessoas por um simples latido (…) A cidade nada tem contra os cães, mas quem os quiser ter, tem que os educar", explicou o presidente.

No entanto, a decisão não agrada a todos e várias têm sido as associações de defesa dos direitos dos animais a manifestarem-se contra.

"Mais vale impedir os sinos da igreja de tocarem ao domingo de manhã", disse Stéphane Lamart, a presidente da Associação de Defesa dos Direitos dos Animais, em declarações ao Le Monde, informando ainda que pretende lançar um apelo ao tribunal local para reverter a decisão.

O decreto surgiu depois de vários moradores criarem uma petição contra uma residente que tinha vários cães.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×