22/8/19
 
 
Bruxelas menos otimista revê em baixa crescimento do PIB

Bruxelas menos otimista revê em baixa crescimento do PIB

DR Carolina Brás 07/02/2019 11:09

A inflação também esteve na mira da Comissão Europeia que antecipou um aumento para 1,3% este ano, abaixo do que havia previsto. Para 2020, a inflação deverá subir para os 1,6%

Bruxelas está mais pessimista em relação ao crescimento do PIB em Portugal este ano. Esta quinta-feira e Comissão Europeia baixou as expetativas para 1,7% depois de, em novembro, ter avançado um crescimento de 1,8%. 

A fraca contribuição das exportações liquidas, a diminuição do consumo privado são as causas apontadas pela Comissão Europeia para a revisão em baixa. No entanto, Bruxelas deixa ainda um indicador positivo em cima da mesa: "o investimento deverá acelerar ligeiramente, suportado por uma maior absorção dos fundos da União Europeia". 

Por outro lado, o Governo mantém-se mais otimista e aponta a previsão de crescimento do PIB em 2019 para os 2,2%. 

Também no que diz respeito ao PIB do ano passado, a Comissão Europeia mostrou não estar tão otimista quanto em novembro, revendo em baixa, em 0,1%, o crescimento do PIB. As previsões passam agora de 2,2% para 2,1%. Para 2020, a previsão mantém-se nos 1,7%. 

Ao divulgar estas informações, Bruxelas deixa o aviso para alguns riscos que podem penalizar a economia portuguesa, "a prevista deterioração na procura externa e o aumento da incerteza global" e apontam para um abrandamento nas exportações de bens e serviços. 

A inflação também esteve na mira da Comissão Europeia que antecipou um aumento para 1,3% este ano, abaixo do que havia previsto. Para 2020, a inflação deverá subir para os 1,6%. 

 

 

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×