15/12/19
 
 
GNR de Beja faz quatro detenções por furto de cobre e inox

GNR de Beja faz quatro detenções por furto de cobre e inox

GNR Joaquim Gomes 05/02/2019 13:01

Suspeitos foram detidos quando fugiam para Espanha

A GNR de Beja fez quatro detenções por furto de cobre e inox, tendo apanhado em flagrante delito os suspeitos, três homens e uma mulher, com idades entre 29 e 53 anos, junto à localidade de Serpa.

Foram apreendidos 32 quilos de cabos e tubos de cobre, 14 quilos de fio de eletricidade, uma vara de cobre de 2,5 metros de comprimento, três tabuleiros em inox, um macaco hidráulico de três toneladas, duas lanternas, um pé de cabra, um par de binóculos com bolsa em camuflagem, duas máquinas de café e ainda uma fiambreira, bem como diverso material, entre chaves, martelos, alicates, luvas e fita isoladora, tendo sido apreendido o veículo utilizado no furto.

Tudo começou quando a GNR foi alertada para um caso de furto de cobre num posto de transformação, no interior de uma propriedade privada, em Ferreira do Alentejo, após o que o veículo suspeito foi detetado já na Estrada Nacional 260, a deslocar-se em direção a Espanha, tendo imediatamente os militares efetuado o seguimento da viatura.

Os suspeitos quando se aperceberam da presença da GNR colocaram-se em fuga a alta velocidade, atirando rolos de cobre para a via, o que colocou em perigo os militares e demais utentes da via. Após diversas desobediências à ordem de paragem, os militares conseguiram intercetar e imobilizar o veículo em fuga, tendo feito a apreensão dos metais.

Os quatro suspeitos de terem praticado outros furtos do mesmo âmbito no Alentejo e em Espanha, foram presentes ao Tribunal de Ferreira do Alentejo, ficando sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência e proibição de permanência na área do município de Ferreira do Alentejo.

A ação do Comando Territorial de Beja foi realizada através dos Postos Territoriais de Serpa e de Vila Verde de Ficalho, com o apoio dos Núcleos de Investigação Criminal de Moura e Aljustrel, segundo explicou o oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial da GNR de Beja, capitão João Gaspar.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×