20/5/19
 
 
Homem que matou a ex-sogra e a filha de dois anos já estava referenciado por violência doméstica

Homem que matou a ex-sogra e a filha de dois anos já estava referenciado por violência doméstica

Jornal i 05/02/2019 12:02

Pedro Henriques de 36 anos telefonou para o INEM a dizer que iria matar a filha e a dar a localização da criança

O homem, de 36 anos, que terá esfaqueado mortalmente a ex-sogra, esta segunda-feira, tendo fugido com a filha de dois anos, encontrada morta esta terça-feira, suicidou-se em Castanheira de Pera, zona de Leiria de onde é natural, assim como os seus pais.

Pedro Henriques ter-se-á matado com uma caçadeira em Castanheira de Pera, junto à casa dos pais, depois de ter avisado o INEM acerca da localização do corpo da filha, que foi encontrada no porta-bagagens de um carro junto ao McDonalds de Corroios, na Margem Sul.

"Ele anunciou por telefone que ia matar a filha, dando as coordenadas do local onde se encontrava o veículo, e que se iria suicidar de seguida", revelou fonte policial, citada pelo expresso.

A mesma fonte dá conta de que a criança de dois anos foi encontrada sem qualquer sinal de violência às 8h55 da manhã desta terça-feira.

Recorde-se que Pedro Henriques terá matado a ex-sogra, esta segunda-feira, quando ia entregar a filha. A bebé ficou dentro do carro, enquanto o pai e a avó materna se envolviam numa discussão que acabou por resultar na morte da mulher com várias facadas no peito e no pescoço. De seguida, o homem, que já estaria referenciando pela polícia devido a episódios anteriores de violência doméstica, pôs-se em fuga, até que foi encontrado morto ao final desta manhã.

A mãe da criança terá permanecido sob proteção policial durante o paradeiro incerto do homem e da filha, escreve o Correio da Manhã.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×