25/6/19
 
 
Alcochete. Bruno de Carvalho ouvido a 13 de março sobre ataque à Academia

Alcochete. Bruno de Carvalho ouvido a 13 de março sobre ataque à Academia

Sara Matos Jornal i 31/01/2019 16:17

O processo pertence ao tribunal do Barreiro mas juiz decidiu que instrução decorrerá no Campus da Justiça em Lisboa

A instrução do processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, começa a 6 de março, no Campus da Justiça, em Lisboa, o antigo presidente Bruno de Carvalho será ouvido dia 13.

O processo pertence ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Barreiro, mas segundo explicou à agência Lusa fonte judicial, por razões de logística e de instalações a fase instrutória decorrerá em Lisboa.

A alteração do local foi determinada pelo juiz Carlos Delca.

Recorde-se que esta fase instrutória, requerida por mais de uma dezena de arguidos, serve para o juiz de instrução criminal decidir se o processo prossegue e, se assim for, em que moldes segue para julgamento.

O processo tem na sua base o ataque que ocorreu no dia 15 de maio de 2018, quando alguns jogadores e funcionários do Sporting foram atacados na academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 40 alegados membros da Juve Leo encapuzados.

No próprio dia foram detidas 23 pessoas, tendo sido feitas, posteriormente mais detenções, no total existem 44 arguidos no processo, 38 dos quais estão sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.

É de relembrar que os arguidos Bruno de Carvalho e Mustafá estão em liberdade, sujeitos apenas a apresentações periódicas às autoridades.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×