24/5/19
 
 
Adeptos invadem campo e agridem futebolista em Barcelos

Adeptos invadem campo e agridem futebolista em Barcelos

DR Joaquim Gomes 27/01/2019 15:55

A situação terá sido potenciada por excesso de álcool

Adeptos alegadamente embriagados invadiram durante a manhã deste domingo o campo de futebol e agrediram um jogador, no decorrer de um jogo do Campeonato Popular, em Barcelos.

A situação terá sido potenciada por excesso de álcool, seguida de uma invasão de campo motivaram o final antecipado de um jogo em Lama, Barcelos, entre o Clube Desportivo de Lama e o Grupo Desportivo Águas Santas, a contar para o Campeonato Popular de Barcelos, que a equipa local vencia por 4-0.

Segundo adianta a edição online do Semanário V, o grupo de 15 adeptos do Águas Santas, a equipa visitante, invadiu o terreno de jogo, na sequência de uma falta de um jogador da equipa da casa, envolvendo-se em confrontos com os jogadores do Lama.

A equipa de arbitragem deu como encerrada a partida por falta de condições de retoma de jogo e segundo o presidente do Clube Desportivo do Lama, “o grupo de adeptos estava “muito embriagado e que tinha provocado distúrbios em situações anteriores deste jogo”.

“Um grupo de adeptos do Águas Santas chegou a Lama perto das nove horas da manhã e trazia várias garrafas de vinho do porto, pelo que a meio do jogo fui falar com eles porque não podiam estar ali com aquelas garrafas, mas ainda me atiraram com copos”, afirmou o presidente do clube visitado, José Araújo.

O mesmo dirigente explica que os adeptos invadiram o campo na sequência de uma falta, irritados com a entrada de um jogador, que acabou agredido por esse mesmo grupo e os adeptos acabaram por desmobilizar do recinto num jogo que não é policiado.

Equipa visitante lamenta

Entretanto, a equipa visitante, o Grupo Desportivo Águas Santas, repudiou a atitude dos seus próprios adeptos, classificando como “falta de desportivismo associado ao futebol popular”.

Em comunicado, aquele clube de Barcelos salienta reconhecer o apoio e esforço dos seus adeptos, mas “não pode aceitar o constante incendiar de situações de violência pela incompetência de alguns senhores que não dignificam o futebol popular”.

Sem qualquer referência específica, o Águas Santas refere que “alguns senhores” não respeitam “o esforço de quem luta para pelo seu desenvolvimento e pela verdade desportiva”.

“O Grupo Desportivo Águas Santas não merece este tipo de comportamentos e muito menos ser beliscado por atos que em nada se identificam com a linhas orientadoras do clube e da sua massa associativa”, termina o comunicado.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×