23/10/20
 
 
"Daqui a algum tempo o Facebook é capaz de prever o seu aspeto anos à frente”

"Daqui a algum tempo o Facebook é capaz de prever o seu aspeto anos à frente”

Jornal i 25/01/2019 12:22

Mas como isso ainda não é possível, o i relembra como eram os locais e as caras de há dez anos

Milhares de pessoas publicaram uma montagem de duas fotografias, com 10 anos de diferença, no inicio desta semana nas rede sociais. O desafio #10yearschallenge pode ser apenas a previsão soft do reconhecimento facial no futuro.

O professor na Escola de Engenharia da Universidade do Minho Paulo Novais disse ao i que o reconhecimento facial se encontra “num ponto de desenvolvimento muito grande”.

O especialista considera que o desafio #10yearschallenge transmite “dados suficientes para (...) conseguir traçar a evolução das pessoas”.

Para Paulo Novais, “o potencial é enorme, na prática, se isto aprender corretamente, se se conseguir uma base de dados muito grande, provavelmente daqui a algum tempo o Facebook é capaz de prever o seu aspeto anos à frente”.

Mas como isso ainda não é possível, o i relembra como eram os locais e as caras de há dez anos.

José Sócrates em 2009

José Sócrates em 2019

Veja o especial #10yearschallenge na edição impressa de fim de semana do i, já nas bancas

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×