21/7/19
 
 
Quatro pessoas morreram nos primeiros dias de protesto na Venezuela

Quatro pessoas morreram nos primeiros dias de protesto na Venezuela

Luis Robayo Jornal i 23/01/2019 17:08

Entre as vítimas está um jovem de 16 anos que foi atingido por uma arma de fogo

Os protestos contra o presidente Nicolás Maduro, na Venezuela, resultaram em quatro mortos, segundo avança o Observatório Venezuelano de Conflituosidade Social (OVCS), uma organização não-governamental.

Entre as vítimas está um jovem de 16 anos que morreu com “um ferimento por arma de fogo durante a manifestação” em Caracas. As outras três mortes tiveram lugar no estado de Bolívar, a cerca de 600 quilómetros da capital venezuelana.

Os protestos contra a presidência de Nicolás Maduro têm vindo a aumentar tendo, segundo a OVCS, de segunda para terça-feira duplicado – passaram de 30 para 63 protestos em Caracas, Miranda e Arágua (os estados vizinhos que compõem a grande Caracas).

Na cidade de San Félix, em Bolívar, os manifestantes incendiaram uma estátua do antigo presidente Hugo Chávez e penduraram na ponte da Avenida Guayana o busto partido.

Também para esta quarta-feira estão convocados novos protestos e manifestações.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×