22/9/19
 
 
Homem mata advogada que o defendeu do homicídio da mulher em Espanha

Homem mata advogada que o defendeu do homicídio da mulher em Espanha

Dreamstime Jornal i 18/01/2019 20:44

Rebeca Santamalia deixa um filho de 14 anos

Em 2003, José Javier Salvador Calvo foi acusado de matar a mulher, de 29 anos, com 11 tiros de uma espingarda de caça em Saragoça, Espanha. Agora, o homem, de 50 anos, matou a advogada que o defendeu na altura e com que mantinha uma relação amorosa.

Salvador Calo estava em liberdade condicional desde 2017, depois de ter cumprido uma pena de 14 anos.

De acordo com uma conferência de imprensa da delegada do governo de Aragón, Carmen Sánchez, citada pela impressa espanhola, o marido da advogada deu alerta pelas 21h00 da última quarta-feira. Rebeca Santamalia não havia regressado a casa nessa noite.

Depois de entrarem em contacto com a família da advogada, as autoridades ficaram a saber que esta mantinha uma relação amorosa com o antigo cliente e dirigiram-se à casa de Salvador Calo.

Receba Santamalia foi encontrada sem vida e com ferimentos de arma branca no apartamento do amante.

Salvador Calo havia sido visto horas antes pela polícia a caminhar num viaduto. Quando as autoridades se dirigiram a este, o homem lançou-se no vazio.

Mais tarde os registos dentais confirmaram a identidade do homem.

Rebeca Santamalia deixa um filho de 14 anos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×