24/4/19
 
 
Bodyboarder que esteve dez dias desaparecido obrigado a explicar-se às autoridades

Bodyboarder que esteve dez dias desaparecido obrigado a explicar-se às autoridades

João Girão Jornal i 17/01/2019 11:07

Autoridades levaram a cabo buscas “dispendiosas”, Carlos Reis pode ter de pagar uma multa

O praticante de bodyboard, que voltou terça-feira para casa após ter estado desaparecido durante dez dias, teve de prestar depoimento às autoridades para explicar a sua ausência.

Carlos Reis, de 37 anos, terá sido ouvido pela Polícia Marítima, esta quarta-feira, na presença de um advogado. O Correio da Manhã escreve que os familiares também terão sido interrogados.

O surfista terá estado fora do país durante este período em que os familiares e as autoridades o procuravam, tendo recorrido a vários meios, envolvendo a Polícia Marítima, os bombeiros e um helicóptero da Força Aérea, numa operação “dispendiosa”.

O bodyboarder arrisca ter de pagar uma multa, se se vier a provar que simulou o seu desaparecimento.

Sublinhe-se que o alerta do desaparecimento de Carlos Reis foi dado após um familiar ter estranhado a ausência de notícias do surfista e ter sido encontrado o seu carro, estacionado junto à praia, com uma muda de roupa no interior.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×