18/2/19
 
 
Será o fim das consolas de jogos?

Será o fim das consolas de jogos?

DR Jornal i 14/01/2019 18:29

A plataforma Wade funciona como a Netflix, por streaming, mas no mundo dos videojogos

O futuro parece ter chegados aos segmentos dos videojogos e a verdade é que as consolas podem correr o risco de começar a ficar na prateleira. A plataforma Wade “é a Netflix dos videojogos”, segundo Javier Polo, conselheiro delegado da empresa internacional PlayGiga, criadora da ideia. 

Através de um leque de videojogos, os utilizadores poderão escolher qual querem jogar sem necessitar de descarregar ou instalar mais do que a própria plataforma. Os jogos estão disponíveis online, “os clientes só precisam de subscrever a um catálogo de jogos de alta qualidade a que acedem a partir da televisão ou do computador. Basta selecionar o jogo que este arranca instantaneamente”, explica Polo, "só precisa de estar conectado à internet". 

Um dos pontos positivos desta plataforma, destacado pelos próprios criadores, é o facto de os pais poderem escolher que tipo de jogos está presente na escolha dos filhos. 

O serviço será idêntico aos que já conhecemos, terá uma subscrição mensal de 7,99 euros e oferece, até agora, 50 jogos que vão desde o "Lego Harry Potter", para os mais novos, passando pelo "Batman", para os mais crescidos e por jogos familiares como "MotoGP".

Espanha é o único país com o serviço, que poderá ser comprado no El Corte Inglês a partir das Wade Box por 99,90.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×