21/5/19
 
 
“Não deve fornecer qualquer tipo de dado pessoal" se for vítima de um ataque, alerta CNCS

“Não deve fornecer qualquer tipo de dado pessoal" se for vítima de um ataque, alerta CNCS

Dreamstime Jornal i 11/01/2019 15:17

Especialista em cibersegurança deixou alerta esta sexta-feira

O Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) comunicou ontem, quinta-feira, que se tem "vindo a notar um aumento de telefonemas em nome da empresa Microsoft" com "a intenção de roubar informações e/ou cifrar o conteúdo das máquinas, exigindo um resgate".

Face a este comunicado, o especialista em cibersegurança, Fábio Assolini, em declarações à Agência Lusa, disse que este tipo de ataques é “bastante comum” na Europa, bem como nos Estados Unidos da América e na América Latina.

Os ataques são, segundo o mesmo especialista, com base "em engenharia social, ou seja, alguém se apresenta como funcionário e tenta enganar, para que aceda a determinado 'site', ou diz que há algum problema no computador, e pede que faça alguns passos para resolver o suposto problema, mas tudo isso é falso", disse.

Já no que diz respeito a ataques a empresas, geralmente os hackers dizem ser "funcionários de um banco" no qual essa empresa em questão possui conta e, posteriormente, pedem para "falar com o diretor financeiro da empresa, e vão dizer que há problemas nas contas da empresa, e pedir para que aceda a um 'site' para resolver o problema".

Ontem, o CNCS deixou um apelo, caso seja vítima deste tipo de ataque: “não deve dar resposta a género de contacto e, muito menos, fornecer qualquer tipo de dado pessoal. É também recomendável que faça sempre queixa às autoridades competentes", recomenda.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×