26/3/19
 
 
Primeira cientista-astronauta portuguesa da NASA procura apoio financeiro para continuar a estudar

Primeira cientista-astronauta portuguesa da NASA procura apoio financeiro para continuar a estudar

Jornal i 10/01/2019 17:22

A cientista-astronauta Ana Pires quer fazer novo curso desenvolvido pela agência espacial sobre geologia lunar

Ana Pires recebeu em dezembro o diploma cientista-astronauta da NASA, tornando-se na primeira mulher portuguesa a fazê-lo.

Este ano, em maio, a cientista de 38 anos, natural de Espinho, quer participar numa outra formação sobre o Espaço e precisa de apoios para pagar as propinas, escreve o Observador.

O curso, apoiado pela NASA, é sobre geologia lunar, lecionado no Arizona, e tem um custo de 2.800 dólares, cerca de 2.500 euros.

Ana Pires é formada em Engenharia Geotécnica e Geoambiente do Instituto Politécnico do Porto, e atualmente frequenta o mestrado em Engenharia e Eletrotécnica e de Computadores – Ramo de Sistemas Autónomos do Instituto Superior de Engenharia do Porto. É também investigadora no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência.

Em 2016, o geólogo e piloto Rui Moura foi selecionado para frequentar o curso do projeto Possum, um programa comercial orientado para o estudo da mesosfera e desenvolvido com o apoio da NASA.

Rui Moura tornou-se assim no português mais bem preparado para uma viagem espacial, o que suscitou curiosidade em Ana Pires, que dois anos mais tarde concorreu e também foi selecionada, tendo terminado o curso em dezembro passado.

Agora Ana Pires quer reunir-se com Rui Moura, ainda antes de partir para o seu novo curso em maio, para o qual procura apoio financeiro, para “juntarem esforços e massa crítica”, e colocarem Portugal no mapa espacial, disse, citada pelo Observador.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×