22/3/19
 
 
Marido mata mulher portuguesa em França e põe-se em fuga

Marido mata mulher portuguesa em França e põe-se em fuga

Jornal i 07/01/2019 09:38

Filha de seis anos estava a dormir num quarto da casa

Uma mulher portuguesa morreu esfaqueada, este domingo, em Toulouse, França. O principal suspeito é o próprio marido

Na origem do crime estará uma discussão conjugal, o atacante, de 30 anos, fugiu após alegadamente ter matado a mulher, não tendo ainda sido detido pelas autoridades.

O casal tinha estado no sábado à noite com o irmão da mulher, que relatou ao site France Bleu que os momentos em que estiveram os três juntos foram de absoluta normalidade.

"Bebemos, jogamos às cartas e estavamos divertidos", contou o irmão da vítima. Mais tarde, já de madrugada, por volta das 01h30 horas, a irmã telefonou-lhe e pediu-lhe para que voltasse.

"Ela disse 'Bruno, vem, Bruno vem'. E ouvi vidros a partirem. Estavam a discutir". O irmão dirigiu-se de imediato a casa da mulher, mas ninguém lhe abriu a porta.

Disse que esteve duas horas no local sem conseguir entrar, antes de desistir e voltar para casa, tendo ficado, no entanto, preocupado sem saber o que se tinha passado.

De manhã, o cunhado ter-lhe-á telefonado a dizer que a irmã estava no chão e pediu-lhe para ir até lá a casa. Chegando lá, ninguém abria a porta, como já antes tinha acontecido, mas desta vez decidiu chamar os bombeiros, que forçaram a entrada tendo deparado com o cadáver da mulher, e com a filha de seis anos, que dormia no quarto.

"Era como meu irmão. Nunca pensei que pudesse matá-la", disse ainda o irmão da vítima.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×