25/3/19
 
 
Está à espera dos Globos de Ouro? Saiba com que contar esta noite.

Está à espera dos Globos de Ouro? Saiba com que contar esta noite.

Jornal i 06/01/2019 21:20

É a gala que marca a abertura da temporada dos prémios do cinema. Este ano, os prémios de carreira vão homenagear Jeff Bridges e Carol Burnett, mas espera-se que a noite fique completamente Gaga com a Lady que, este ano, deixou em polvorosa também o mundo do cinema

Não falta muito. Por esta hora, em Beverly Hills acertam-se os últimos pormenores. Estão a ser feitos os últimos ensaios antes da descida do pano, e a 76ª edição dos Globos de Ouro deverá ser vista por milhões de telespectadores, sendo a rampa para a campanha das tantas estrelas e filmes que se perfilam como principais candidatos aos prémios de Hollywood.

Numa altura em que estas cerimónias, com todo o seu aparato, a longa duração (três horas, intercaladas por intervalos publicitários) e a falta de verdadeiro entretenimento, levam as audiências a buscar a acção paralela que oferecem as redes sociais, com muitas das estrelas a criarem a sua própria narrativa da noite. E a comprová-lo estão os números, que nos mostram que a edição de 2018 foi uma das menos populares de sempre, cativando apenas 19 milhões de telespectadores nos EUA. 

Mas Hollywood não desiste, e este ano voltou a investir nos comediantes para transformarem o que poderá ser uma tragédia numa farsa com bastante glamour e muitas risadas a misturar e compor a embalagem. Sandra Oh ("Anatomia de Grey", "Killing Eve") e Andy Samberg ("Brooklyn Nine-Nine") serão os anfitriões da noite, e os estúdios estão bem conscientes que só há uma forma de salvar este formato: impedir que se transforme numa produção saturada de ajustes feitos à medida, de sequências demasiado estudadas. È melhor deixar que os dados rolem e o acaso seja o protagonista. No fundo, quem ainda segue a cerimónia em directo só o faz na esperança de ser surpreendido ou maravilhado.

Cabe aos 90 membros da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood lançar uma primeira panorâmica sobre as fitas que os estúdios de cinema propõem para deslumbrar os fãs da sétima arte. Assim, os Globos são vistos como a primeira sondagem, um alinhamento das grandes esperanças em relação a temporada de prémios que culmina com a gala dos Óscares. Contudo, e a provar que nem sempre há um alinhamento entre estes e os prémios da Academia estão os dados que nos mostram que nos últimos 11 anos, as escolhas apenas coincidiram nos filmes "Quem Quer Ser Bilionário?" (2009), "O Artista" (2012), "Argo" (2013) e "12 Anos Escravo" (2014).

Este ano, e além dos prémios de carreira para Jeff Bridges (cinema) e Carol Burnett (a primeira a receber o prémio de televisão e que dará o nome ao galardão), todos estão à espera que a princesa da Pop, Lady Gaga faça o que Madona nunca conseguiu fazer: ser aceite como uma das grandes por Hollywood. Para já, tudo aponta no sentido de que venha a ganhar na categoria de Melhor Canção por "Shallow", que interpreta com o seu co-protagonista (e realizador) Bradley Cooper em "Assim Nasce uma Estrela". Mas a grande incógnita está em saber se levará também o galardão de Melhor Atriz em Drama, ultrapassando a forte concorrência de Glenn Close ("A Mulher") e Melissa McCarthy ("Can You Ever Forgive Me?"). Para já conta com as preces dos seus imensos fãs, e há uma série de analistas que garantem que tem algum favoritismo.

Para o prémio de melhor ator, Bradley Cooper tem como principal rival Rami Malek, que interpreta o vocalista dos Queen, Freddie Mercury, em "Bohemian Rhapsody". E o filme em que Cooper esteve imerso ao longo de quatro anos, "Assim Nasce uma Estrela", também parece ser o favorito a Melhor Filme em Drama, ainda que a concorrência seja forte o suficiente para não deixar certezas. Afinal, se este filme levou muitos às lágrimas, também "Bohemian Rhapsody" o fez, e filmes como "Blackkklansman" ou "Black Panther" são talvez mais marcantes no esforço de Hollywood por avançar uma agenda política no sentido da igualdade. De resto, com o primeiro destes filmes, Spike Lee pode bem levar o prémio de melhor realização. Mas para isso terá de bater Alfonso Cuarón, sendo que "Roma", uma homenagem cinematográfica à sua infância na Cidade do México na década de 1970, levará certamente o prémio de melhor filme estrangeiro, coroando a forte candidatura deste filme a filme do ano. E o cineasta mexicano é também, por isso, o favorito ao prémio de Melhor Realizador.

Mas para que possa fazer as suas apostas, deixamos-lhe uma lista das categorias e dos nomeados, sendo que os Globos de Ouro contemplam, além do cinema, o melhor na televisão, e mesmo se há o risco de se confundirem com os Emmys, é tantas vezes nesta categoria que a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood dá pistas em relação a títulos e figuras menos evidentes.

LISTA COMPLETA DE NOMEADOS

CINEMA

MELHOR FILME (DRAMA)
Assim Nasce Uma Estrela
Black Panther
BlacKkKlansman: O Infiltrado
Bohemian Rhapsody
If Beale Streat Could Talk

MELHOR FILME (COMÉDIA OU MUSICAL)
Crazy Rich Asians
A Favorita
Green Book - Um Guia Para a Vida
O Regresso de Mary Poppins
Vice

MELHOR REALIZAÇÃO
Bradley Cooper ("Assim Nasce Uma Estrela")
Alfonso Cuarón ("Roma")
Peter Farrelly (" Green Book - Um Guia Para a Vida")
Spike Lee ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")
Adam McKay ("Vice")

MELHOR ATOR (DRAMA)
Bradley Cooper ("Assim Nasce Uma Estrela")
Willem Dafoe ("At Eternity's Gate")
Lucas Hedges ("Boy Erased")
Rami Malek ("Bohemian Rhapsody")
John David Washington ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Glenn Close ("A Mulher")
Lady Gaga ("Assim Nasce Uma Estrela")
Nicole Kidman ("Destroyer")
Melissa McCarthy ("Can You Ever Forgive Me?")
Rosamund Pike ("Uma Guerra Pessoal")

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Christian Bale (“Vice”)
Lin-Manuel Miranda (“O Regresso de Mary Poppins”)
Viggo Mortensen (“ Green Book - Um Guia Para a Vida”)
Robert Redford (“The Old Man & the Gun”)
John C. Reilly (“Stan & Ollie”)

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Emily Blunt (“O Regresso de Mary Poppins”)
Olivia Colman ("A Favorita")
Elsie Fisher ("Eighth Grade")
Charlize Theron ("Tully")
Constance Wu ("Crazy Rich Asians")

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
Mahershala Ali (“ Green Book - Um Guia Para a Vida”)
Timothee Chalamet ("Beautiful Boy")
Adam Driver ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")
Richard E. Grant ("Can You Ever Forgive Me?")
Sam Rockwell ("Vice")

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
Amy Adams ("Vice")
Claire Foy ("O Primeiro Homem na Lua")
Regina King ("If Beale Streat Could Talk")
Emma Stone ("A Favorita")
Rachel Weisz ("A Favorita")

MELHOR ARGUMENTO
Roma
A Favorita
If Beale Street Could Talk
Vice
Green Book - Um Guia Para a Vida

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Girl (Bélgica)
Roma (México)
Shoplifters: Uma Família de Pequenos Ladrões (Japão)
Cafarnaum (Líbano)
Never Look Away (Alemanha)

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
The Incredibles 2: Os Super-Heróis
Ilha dos Cães
Mirai
Ralph vs Internet
Homem-Aranha: No Universo Aranha

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL
Um Lugar Silencioso
Ilha dos Cães
Black Panther
O Primeiro Homem na Lua
O Regresso de Mary Poppins

MELHOR MÚSICA ORIGINAL
All the Stars” (“Black Panther”)
Girl in the Movies (“Dumplin’”)
Requiem For A Private War ("Uma Guerra Pessoal")
Revelation (“Boy Erased”)
Shallow (“Assim Nasce Uma Estrela"”)

TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE (DRAMA)
The Americans
Bodyguard
Homecoming
Killing Eve
Pose

MELHOR ATOR (SÉRIE DRAMA)
Jason Bateman (“Ozark”)
Stephan James (“Homecoming”)
Richard Madden (“Bodyguard”)
Billy Porter (“Pose”)
Matthew Rhys (“The Americans”)

MELHOR ATRIZ (SÉRIE DRAMA)
Caitriona Balfe ("Outlander")
Elisabeth Moss ("The Handmaid’s Tale")
Sandra Oh ("Killing Eve")
Julia Roberts ("Homecoming")
Keri Russell ("The Americans")

MELHOR SÉRIE (COMÉDIA)
Barry
Kidding
The Good Place
The Kominsky Method
The Marvelous Mrs. Maisel

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Sascha Baron Cohen ("This is America")
Jim Carrey ("Kidding")
Michael Douglas ("The Kominsky Method")
Donald Glover ("Atlanta")
Bill Hader ("Barry")

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Kristen Bell ("The Good Place")
Candice Bergen ("Murphy Brown")
Alison Brie ("Glow")
Rachel Broshnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel")
Debra Messing ("Will & Grace")

MELHOR TELEFILME OU MINISSÉRIE
The Alienist
American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace
Escape at Dannemora
Sharp Objects
A Very English Scandal

MELHOR ATOR EM TELEFILME OU MINISSÉRIE
Antonio Banderas ("Genius: Picasso")
Daniel Bruhl ("The Alieniest")
Darren Criss ("American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace")
Benedict Cumberbatch, Patrick Melrose")
Hugh Grant ("A Very English Scandal")

MELHOR ATRIZ EM TELEFILME OU MINISSÉRIE
Amy Adams ("Sharp Objects")
Patricia Arquette ("Escape at Dannemora")
Connie Britton ("Dirty John")
Laura Dern ("The Tale")
Regina King ("Seven Seconds")

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Alan Arkin (“The Kominsky Method”)
Kieran Culkin (“Succession”)
Edgar Ramirez (“American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace”)
Ben Whishaw (“A Very English Scandal”)
Henry Winkler (“Barry”)

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Alex Bornstein ("The Marvelous Mrs. Maisel")
Patricia Clarkson ("Sharp Objects")
Penelope Cruz ("American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace")
Thandie Newton ("Westworld")
Yvonne Strahovski ("The Handmaid’s Tale")

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×