29/2/20
 
 
“Temos de ir comer para a rua para prevenir contaminação”

“Temos de ir comer para a rua para prevenir contaminação”

José Batalha Carmen Guilherme 16/12/2018 14:10

A GROM é o espaço mais recente em Portugal a receber o certificado Gluten Free. Dezasseis anos depois da abertura da primeira loja, em Itália, chega agora ao Chiado

A pequena gelataria ocupa o número 42 daquela que é uma das ruas mais movimentadas na baixa de Lisboa. Quando entramos no espaço, na Rua Garret, reparamos que existe apenas um balcão para o público se sentar, mas rapidamente o laboratório onde a ‘magia’ acontece rouba toda a atenção. Na GROM, todos os produtos, sem exceção, são isentos de glúten e para isso existe uma “regra fundamental”: “não podemos trazer comida com glúten cá para dentro. No caso de existir, tem de estar embalada e não a podemos abrir. Temos um espaço onde a podemos aquecer, mas para comer temos de ir para a rua para prevenir qualquer risco de contaminação”, começa por contar ao i Rúben Abreu, que trabalha no espaço desde a sua abertura, em julho. O funcionário diz mesmo que é o mínimo que pode ser feito, já que a isenção de glúten é a principal “promessa” ao público.

Rúben explicou ainda que, a primeira coisa que fez assim que foi contratado foi perceber o que era o glúten e o que significa sofrer de doença celíaca. “Ao trabalhar aqui fiquei mais consciente. Para mim, não é um sacrifício não comer glúten quando estou a trabalhar, quando há pessoas que não podem a vida toda”, defende.

Gelados naturais Além de não conterem glúten, os gelados da GROM não têm aromatizantes, corantes, conservantes e emulsionantes químicos. Todos os produtos são cultivados na quinta Mura Mura, entre Langhe e Monferrato de Piemontee (Itália) e, posteriormente, tratados na fábrica de Turim. Às lojas chega apenas uma base de gelado, o resto acontece no laboratório pelas mãos dos funcionários, que fazem as misturas e dão forma aos gelados com a ajuda da “Carpigiani”, a máquina que dá textura aos gelados. “Uma vez produzido [o gelado] deve ser consumido no período de, aproximadamente, sete dias. Para nos assegurarmos que estão sempre com a textura e com sabor corretos, os nossos colaboradores fazem provas duas vezes ao dia”, explica ao i Patrícia Neto, responsável pela GROM em Portugal. Além dos gelados, podemos ainda comprar na GROM os biscoitos que são utilizados nos gelados, bem como granizados e vários tipos de café, mas tudo depende da época, já que alguns produtos são sazonais.

Certificado Antes de receberem o certificado, há cerca de dois meses, Patrícia Neto admite que as pessoas ficavam surpreendidas por todos os produtos serem isentos de glúten. Agora, com a certificação bem visível na loja, “a procura tem aumentado” e a responsável garante que as as mensagens de agradecimento dos celíacos têm-se multiplicado.

 

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×