17/9/19
 
 
China detém mais um cidadão canadiano
Michael Spavor ao lado do líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Pyongyang

China detém mais um cidadão canadiano

Michael Spavor ao lado do líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Pyongyang KCNA VIA KNS / KCNA / AFP 13/12/2018 16:16

Michael Spavor, é suspeito de prejudicar a segurança nacional chinesa. É o segundo canadiano detido, numa possível retaliação pela detenção da diretora financeira da Huawei no Canadá 

A China deteve mais um cidadão canadiano, Michael Spavor, sob suspeita de prejudicar a segurança nacional. Uma página noticiosa do governo chinês confirmou que o empresário está a ser investigado desde segunda-feira, após as autoridades canadianas terem revelado o desaparecimento de Spavor em Dangdong, onde trabalhava. Antes dele, o antigo diplomata Michael Kovrig já tinha sido detido o em Pequim, sob acusações semelhantes. 

"Estamos a trabalhar arduamente para descobrir a sua localização, já questionámos as autoridades chinesas e estamos em contacto com a família" afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros canadiano, referindo-se a Spavor. 

Já o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês garantiu que "os interesses e direitos legais das duas pessoas em questão têm sido garantidos" 

Pensa-se que estes incidentes sejam uma retribuição à detenção da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, detida no Canadá a pedido dos Estados Unidos. A filha do fundador da Huawei é acusada de ter violado as sanções económicas que os EUA aplicaram ao Irão há várias décadas. Meng foi recentemente libertada mediante pagamento de fiança até o tribunal canadiano decidir se será extraditada para os EUA, onde terá de enfrentar a justiça.

No entanto, os laços próximos entre Spavor e o governo da Coreia do Norte adicionam intriga à escalada diplomática entre a China e o Canadá. O canadiano é o líder de uma organização chamada Paektu Cultural Exchange, cujo objetivo é promover o turismo e o investimento na Coreia do Norte. "Tenho trabalhado com investidores chineses e chineses-coreanos, eles estão muito interessados" afirmou Spavor ao Asia Times este ano.

O empresário foi inclusive um dos facilitadores da muito publicitada e improvável amizade entre Kim Jon-un e o ex-basquetebolista Dennis Rodman.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×