17/9/19
 
 
Canadá. Diretora financeira da Huawei libertada sob fiança

Canadá. Diretora financeira da Huawei libertada sob fiança

Jornal i 12/12/2018 13:38

Meng Wanzhou, de 46 anos, é acusada de violar as sanções impostas ao Irão pelos Estados Unidos

Um tribunal canadiano deliberou a libertação sob fiança da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, de 46 anos, detida a pedido dos Estados Unidos por acusações de violar as sanções impostas ao Irão. 

Wanzhou terá de pagar uma fiança de 7,5 milhões de dólares para sair em liberdade. 

Pequim já tinha ameaçado Ottawa com graves retaliações se a diretora financeira não fosse libertada a curto prazo. 

Poucos dias depois da detenção da cidadã chinesa, as autoridades chinesas deteram o antigo diplomata Michael Kovrig, atualmente a trabalhar para o International Crisis Group, por alegadas violações da lei das organizações não governamentais estrangeiras. O ministério dos Negócios Estrangeiros chinês afirmou hoje que Kovrig poderá ter violado a lei ao realizar "atividades relevantes" para o International Crisis Group sem estar registado como agente estrangeiro. 

O governo canadiano já disse estar "profundamente preocupado" com a detenção do antigo diplomata.

Com a tensão a poder subir entre Ottawa e Pequim, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou ontem poder intervir se considerar que pode ajudar a resolver a situação e atenuar o conflito comercial que Washington tem com Pequim. "Se for necessário posso intervir, se acreditar que será bom para o maior acordo comercial já feito; algo muito importante e bom para a segurança nacional", disse Trump. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×