13/12/18
 
 
França. Movimento 'coletes amarelos' leva a adiamento de medidas da Lei de Alimentos

França. Movimento 'coletes amarelos' leva a adiamento de medidas da Lei de Alimentos

AFP Jornal i 05/12/2018 10:51

O poder de compra está no centro das disputas dos 'coletes amarelos'

O ministro francês da Agricultura revelou, em declarações ao canal francês CNews, que as medidas anexas à Lei dos Alimentos, que deveriam ser apresentadas esta quarta-feira em Concelho de Ministros, vão ser adiadas para janeiro ou fevereiro. Em causa está o movimento ‘coletes amarelos’.

As medidas tinham o objetivo de regular os preços mínimos e limitar as promoções nos supermercados.

“[As medidas] serão adiadas porque esta manhã há outros assuntos de atualidade", começou por referir Didier Guillaume.

"As medidas serão aplicadas em janeiro ou fevereiro", antes do final das negociações anuais com a grande distribuição (grossistas), acrescentou o ministro.

Há dois dias, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Proprietários Agrícolas (FNSEA) havia anunciado uma manifestação dos agricultores nacionais. Alguns distribuidores acreditam que algumas medidas da Lei de Alimentos reduzem o poder de compra dos consumidores.

O poder de compra está no centro das disputas dos 'coletes amarelos'.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×