24/8/19
 
 
VIH. Portugal teve mais de mil novos casos de infeção o ano passado

VIH. Portugal teve mais de mil novos casos de infeção o ano passado

Dreamstime Jornal i 27/11/2018 07:16

Dados vão ser divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge

De acordo com o relatório “Infeção VIH” – que diz respeito a dados de 2017 -, que será divulgado esta terça-feira pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, em 2017 houve um registo de 1.068 novos diagnósticos de vírus da sida, o que significa que houve uma taxa de 10,4 novos casos por 100 mil habitantes.

O mesmo relatório indica que a idade mediana (à data) destes novos casos foi de 39 anos, tendo no caso dos homens que têm relações sexuais com homens a mediana registado o valor mais baixo de todos os grupos, com 32 anos.

Em 2017 registaram-se 261 mortes em pessoas com VIH, 134 delas em estádio sida – a fase mais avançada da infeção. Neste caso, a idade mediana à data da morte está nos 52 anos.

Segundo o relatório a que a agência Lusa teve acesso, entre 1983 e o final de 2017 foram diagnosticados praticamente 58 mil casos de infeção por VIH: mais de 22 mil atingiram o estádio de sida, o que levou à morte de mais de 14.500 pessoas.

No que diz respeito a Lisboa, esta área metropolitana acumulou 46% dos novos diagnósticos de infeção por VIH durante o ano passado, tendo-se concluído ainda que seis municípios desta área estão entre os 10 concelhos de Portugal com taxas mais elevadas de diagnóstico da infeção nos últimos cinco anos. Porto e Portimão, no Algarve, também estão incluídos.

Nos últimos cinco anos, a cidade de Lisboa acumulou o maior número de casos, bem como a taxa mais elevada de diagnósticos a nível nacional.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×