16/9/19
 
 
Arménio Carlos: "Está nas mãos dos trabalhadores mudar as suas condições de vida e de trabalho"

Arménio Carlos: "Está nas mãos dos trabalhadores mudar as suas condições de vida e de trabalho"

Jornal i 15/11/2018 16:54

A CGTP reivindica o aumento do salário mínimo para 650 euros

Milhares de manifestantes de todo o país encheram, esta quinta-feira, a praça Marquês de Pombal, para participarem numa ação nacional convocada pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), em protesto por melhores condições de trabalho.

“Muitos milhares de trabalhadores já cá estão e muitos outros estão a chegar, portanto vamos ter uma manifestação com algumas dezenas de milhares de trabalhadores que, a uma só voz, vão aqui manifestar o seu descontentamento pela ausência de resposta positiva às suas reivindicações, quer do setor privado, quer do setor público", afirmou o líder da CGTP, Arménio Carlos.

De acordo com Arménio Carlos "neste momento, com [trabalhadores de] Lisboa e Setúbal que estão a chegar, serão provavelmente o dobro ou o triplo" dos 10 mil trabalhadores que eram inicialmente esperados.

"Está nas mãos dos trabalhadores mudar as suas condições de vida e de trabalho", sublinhou o líder.

A CGTP defende a promoção do progresso social e do desenvolvimento do país, como uma forma de resposta aos problemas enfrentados pelos trabalhadores, como por exemplo a desigualdade, a precariedade e a desregulamentação dos horários laborais.

A unidade sindical reivindica o aumento do salário mínimo para os 650 euros, o aumento das pensões e reformas e a melhoria dos serviços públicos e funções sociais do Estado.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×