16/9/19
 
 
Professores avançam com pré-aviso de greve para amanhã

Professores avançam com pré-aviso de greve para amanhã

Bruno Gonçalves Jornal i 14/11/2018 19:31

A Fenprof pretende juntar-se à manifestação da CGTP e avança com pré-aviso para “acautelar situações de professores que queiram participar na manifestação”

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) vai juntar-se à manifestação da CGTP, marcada para esta quinta-feira em Lisboa, avançando com um pré-aviso de greve.

"O pré-aviso de greve destina-se a acautelar situações de professores que queiram participar na manifestação e que não tenham outra forma de justificar a falta. No caso de delegados sindicais - que têm direito a horas – essa questão não se coloca", explica Mário Nogueira à Lusa acrescentando que “não se está à espera que as escolas fechem”.

O pré-aviso, que vigora entre as 0h00 e as 24h00 de dia 15 de novembro, surge no mesmo dia em que a Fenprof enviou uma carta às Organizações das Nações Unidas para a Educação a denunciar o tratamento do governo à classe dos professores, no que toca à contabilização do tempo de serviço. Também a Ciência e a Cultura (Unesco) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) receberam a carta da Fenprof.

Os professores têm esperança que os dois organismos internacionais intervenham e “pressionem o governo” a contabilizar os nove anos, quatro meses e dois dias de tempo de serviço em vez dos dois anos, nove meses e 18 dias propostos pelo executivo de António Costa em sede de Orçamento do Estado.

Na manifestação de amanhã, os professores irão encontrar-se na praça do Marquês de Pombal e seguirão com o protesto pela Avenida da Liberdade até à Praça dos Restauradores. O lema da CGTP é “Avançar nos Direito; Valorizar os Trabalhadores”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×