15/12/19
 
 
Três homens detidos em Moçambique por suspeitas de matar empresário português

Três homens detidos em Moçambique por suspeitas de matar empresário português

Jornal i 14/11/2018 14:06

José Paulo Antunes Caetano vivia há oito anos em Moçambique, e dedicava-se ao aluguer de máquinas para construção.

Esta quarta-feira, a polícia moçambicana anunciou que deteve três suspeitos do rapto e homicídio do empresário português, cujo corpo foi encontrado no passado domingo, a cerca de 70 quilómetros de Maputo.

As detenções dos suspeitos foram levadas a cabo pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic), e ocorreram durante a noite de ontem, referiu a mesma força de segurança.

De acordo com as autoridades locais, os raptores pediram um resgate no valor de 13 mil euros e uma viatura, que a família do empresário acabou por entregar.

Recorde-se que Paulo Caetano Mendes tinha 51 anos, e vivia há oito em Moçambique, onde alugava máquinas para construção.

A polícia só foi alertada no sábado por uma secretária da empresa da vítima e o corpo viria a ser encontrado pelas 14:00 de domingo numa pedreira abandonada na zona de Moamba, nas imediações da estrada que liga a capital moçambicana à África do Sul.

As autoridades indicaram, no domingo, que a vítima apresentava sinais facadas, tanto no pescoço como no braço.

 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×