13/4/21
 
 
Pais ‘protegem’ filho que os tentou matar em Braga

Pais ‘protegem’ filho que os tentou matar em Braga

Jornal i 14/11/2018 09:58

Filho está acusado de regar com álcool a cama onde os pais dormiam e de pegar fogo com um isqueiro

Um homem de 36 anos está acusado de ter tentado matar os pais, de 60 anos, ateando fogo à cama onde dormiam.

Em tribunal o filho nega a existência do crime. "Foi o aquecedor coberto com a mantinha que provocou o incêndio. Não houve álcool nenhum. Eu amo os meus pais, são tudo o que tenho. Era incapaz de os matar", afirmou Cristiano Ferreira ao coletivo de juízas do Tribunal de Braga, citado pelo Correio da Manhã.

Os pais, que na sequência do fogo ficaram com vários ferimentos, preferiram não fazer o relato do que se passou na noite de 25 de setembro de 2017, e ficaram em silêncio.

Segundo a acusação do Ministério Público de Braga, o filho preparou o crime, ligando o aquecedor que cobriu com mantas e quando julgou que os pais já estavam a dormir regou a cama com álcool e pegou fogo com um isqueiro.

O homem, que tinha saído em liberdade há poucos meses – após cumprir 12 anos de prisão por homicídio – ainda ficou a segurar aporta do lado de fora para evitar que o casal conseguisse sair do quarto. Fugiu, mas acabou por ser capturado no sótão da casa, uma semana após o crime, segundo o Correio da Manhã.

Cristiano Ferreira terá tentado decidido matar os pais, depois de estes se terem recusado a dar-lhe dinheiro.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×