14/10/19
 
 
Suécia. Lindelof recebe a Bola de Ouro

Suécia. Lindelof recebe a Bola de Ouro

Facebook Lindelof Bruno Venâncio 13/11/2018 15:58

O antigo central do Benfica, agora no Manchester United, foi eleito jogador sueco do ano, sucedendo ao também defesa Granqvist e a  Zlatan Ibrahimovic, que recebeu o prémio dez vezes seguidas entre 2007 e 2016

Victor Lindelof recebeu a Bola de Ouro da Suécia, prémio entregue pela Federação de futebol do país nórdico ao melhor jogador sueco de cada ano. O ex-jogador do Benfica, que cumpre a segunda temporada consecutiva no Manchester United, sucede ao também central Granqvist, que venceu o troféu no ano passado, quando pôs fim ao reinado de Zlatan Ibrahimovic - o avançado tinha ganho o prémio dez vezes seguidas entre 2007 e 2016.

"Lindelof recebe a Bola de Ouro pelos desempenhos com a equipa nacional e no Manchester United. Ele assumiu desafios do mais alto nível no Mundial 2018 e numa das ligas mais difíceis do mundo, e desenvolveu passos que o tornam num defesa de nível internacional", pode ler-se no site da Federação sueca, como justificação pelo facto de ser Lindelof a receber o troféu.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

To the 12 year old me. You didn’t dream too big.

Uma publicação partilhada por Victor Lindelöf (@victorlindelof) a

 

"Para o meu eu de 12 anos. Não sonhaste demasiado alto", escreveu nas redes sociais o jogador de 24 anos, como legenda a uma imagem onde aparece a segurar o galardão. Lindelof, recorde-se, chegou ao Benfica em 2012/13, com apenas 19 anos, para jogar na equipa de juniores. Depressa subiu para a equipa B, cumprindo dois jogos pela formação principal das águias em 2013/14, ainda sob o comando de Jorge Jesus. Seria já com Rui Vitória ao leme que viria a afirmar-se como indiscutível na equipa principal, transferindo-se para os red devils no verão de 2017 por 35 milhões de euros. Na primeira época em Old Trafford, foi opção em 29 ocasiões para José Mourinho, somando esta temporada já 14 aparições.

Zlatan Ibrahimovic, ainda assim, conseguiu também ele uma distinção por estes dias. O desconcertante avançado sueco foi eleito o estreante do ano da MLS, a liga norte-americana de futebol, depois de somar 22 golos e dez assistências desde que, em março, trocou o Manchester United pelos LA Galaxy O jogador de 37 anos obteve 36,36 por cento dos votos de jornalistas, jogadores e treinadores da MLS, superando Wayne Rooney, também ele antigo jogador dos red devils e que, pelo DC United (onde chegou em julho, depois de uma época no Everton), fez 21 jogos e 12 golos.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×