15/11/18
 
 
Emigrante português que fingia ser mulher para ter sexo com homens condenado a 15 anos de prisão

Emigrante português que fingia ser mulher para ter sexo com homens condenado a 15 anos de prisão

Jornal i 09/11/2018 14:41

uarte Xavier conhecia homens na aplicação de encontros Tinder e, fazendo-se passar por uma mulher chamada ‘Ana’, atraía-os para um encontro onde continuava a farsa

Um português que teve relações sexuais com quatro homens fingindo ser uma mulher foi condenado esta sexta-feira a 15 anos de prisão pelo tribunal criminal de Kingston upon Thames, de acordo com o Mirror.

Duarte Xavier conhecia homens na aplicação de encontros Tinder e, fazendo-se passar por uma mulher chamada ‘Ana’, atraía-os para um encontro onde continuava a farsa.

O madeirense de 33 anos convencia as vítimas a usarem uma venda durante as relações sexuais, e só depois quando a tiravam é que se apercebiam que estavam com um homem.

A ‘farsa’ fez com que o emigrante fosse alvo de agressões várias vezes e quatro homens apresentaram mesmo queixa o que levou à detenção de Duarte Xavier.

Os crimes foram cometidos entre fevereiro de 2016 e abril de 2018 e as vítimas tinham idades compreendidas entre os 26 e os 45 anos.

O juiz responsável pelo caso, Michael Hunter, descreveu o caso como uma "campanha de mentira para obter sexo ao fingir que era uma mulher atraente, sexualmente aventureira" e acrescentou que Duarte Xavier manifestou "algum grau de desprezo por uma das vítimas".


 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×