14/11/18
 
 
China tem mais de 50 milhões de casas vazias

China tem mais de 50 milhões de casas vazias

Dreamstime Jornal i 09/11/2018 09:42

Estudo realizado em 363 condados coloca a taxa de desocupação nos 22%

Um estudo concluiu que na China existem mais de 50 milhões de casas vazias. Gan Li, responsável pelo estudo e professor na Universidade de Economia e Finanças de Chengdu, diz que cerca de 22% do imobiliário urbano está desocupado.

"Não há outro país no mundo com uma taxa de desocupação tão alta", explicou o professor à Bloomberg. Caso o mercado imobiliário chinês comece a apresentar debilidades, Gan Li teme que a situação se torne num “pesadelo” e que os proprietários, ao entrarem numa corrida à venda de imóveis, provoquem a queda abrupta dos preços. "A China seria atingida por uma inundação de casas a entrarem no mercado", afirma Gan Li.

No estudo foram contabilizados 363 condados distribuídos por todo o país. Em relação a 2013, data do estudo anterior, a taxa de desocupação é praticamente igual – em 2013 era de 22,4% - no entanto o Gan Li acredita que o número de casas aumento dos 49 milhões de imóveis vazios para “mais de 50 milhões”.

"Desde a crise financeira global [em 2008], o crescimento da economia chinesa tem assentado no investimento alimentado por dívida", explica Dinny McMaho, autor do livro “A Grande Muralha de Dívida da China” (“China Great Wall of Debt”). O autor estima que a China gastou, nos últimos dez anos, “63% do novo dinheiro a nível global”.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×