17/9/19
 
 
Lisboa. Dois jovens agredidos por seguranças de discoteca

Lisboa. Dois jovens agredidos por seguranças de discoteca

Dreamstime Jornal i 03/11/2018 09:25

Vítimas dizem que foram deixadas inconscientes

Dois jovens afirmam ter sido agredidos por quatro seguranças da discoteca Hawaii, nas Docas de Santo Amaro, em Lisboa. O gerente do espaço noturno diz que os homens tiveram de intervir numa rixa.

Tudo terá acontecido na madrugada de quinta-feira. Os dois irmãos dizem que foram deixados inconscientes pelos seguranças, sem que, aparentemente, existisse uma razão para isso.

Os jovens revelaram à SIC que, na altura dos acontecimentos, estavam acompanhados por outros amigos – estes terão dito que, mesmo depois de terem sido deixados inconscientes, os irmãos continuaram a ser espancados pelos seguranças.

As alegadas vítimas foram transportadas para o hospital Amadora-Sintra com escoriações. Os jovens lamentam que ninguém tenha chamado a polícia na altura dos acontecimentos. Acabaram por, posteriormente, apresentar queixa contra os seguranças da empresa LB.

À SIC, o gerente do Hawaii admitiu excessos, mas defendeu que os seguranças estavam a pôr termo a uma rixa entre grupos rivais e agiram em legítima defesa. As autoridades irão agora analisar as imagens das agressões, que foram captadas pelas câmaras de videovigilância do espaço.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×