8/5/21
 
 
Dois aviões estiveram em risco de colidir a cerca de 10 quilómetros do solo

Dois aviões estiveram em risco de colidir a cerca de 10 quilómetros do solo

Dreamstime Jornal i 29/10/2018 12:37

Sistemas de anticolisão dos dois aviões foram ativados quando se encontravam a 122 metros de distância vertical.

Dois aviões estiveram em risco de colidir enquanto cruzavam o espaço aéreo de Espanha.

O incidente ocorreu no início deste mês e foi revelado pelo jornal La Voz de Galicia, mas praticamente ninguém ou provavelmente ninguém deu conta do risco que correu. Os passageiros seguiam a bordo do voo da Ryanair - que partiu de Santiago de Compostela com destino a Palma de Maiorca.

Os sistemas de alerta anticolisão atingiram o nível máximo quando o aparelho voava sobre Pamplona, tendo um outro avião da Ryanair entrado no seu espaço de segurança.

Ambos os aparelhos estiveram apenas a quatro quilómetros de distância horizontal e a 122 quilómetros de distância vertical.

Os dados a que o jornal galego teve acesso foram apresentados num inquérito da Comissão de Investigação de Acidente e Incidentes Aéreos (Ciaic).

O incidente foi classificado por parte deste organismo como sendo grave e poderá vir a ser alvo de uma investigação mais profunda para que sejam apuradas as circunstâncias em que este ocorreu.

"Durante o voo, os sistemas anticolisão foram ativados nos dois aviões, executados pelas respetivas tripulações. Depois de resolvido o problema, os dois aparelhos seguiram até ao destino sem qualquer problema", lê-se no relatório, citado pela publicação espanhola.

No entanto, apesar do susto, nenhuma das aeronaves sofreu qualquer dano e não houve feridos envolvidos, refere o relatório.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×