13/11/19
 
 
Coreia. Seul e Pyongyang vão retirar armas e postos da fronteira militarizada

Coreia. Seul e Pyongyang vão retirar armas e postos da fronteira militarizada

AFP Jornal i 22/10/2018 21:12

Os EUA receiam que este passo mine a prontidão militar de Seul, sem que o Norte se desnuclearize 

A fronteira mais militarizada do mundo e que separa a Coreia do Sul da do Norte deixará de ter postos fronteiriços e armas de fogo na zona da aldeia de Panmunjom. Pyongyang e Seul chegaram ontem a acordo com o Comando das Nações Unidas, no que está a ser entendido como um dos passos mais significativos para a paz na península coreana.

“Discutimos as fases para retirar as armas e os postos fronteiriços, bem como formas de reajustar o número de guardas e de se conduzirem inspeções conjuntas”, explicou o Ministério da Defesa sul-coreano em comunicado.  

Há quem não veja com bons olhos o desenvolver de boas relações entre os dois históricos inimigos na região. Os Estados Unidos estão preocupados que as boas relações possam colocar em causa a prontidão da resposta sul-coreana num eventual futuro conflito, a que se somam os passos dados não terem qualquer referência à desnuclearização de Pyongyang. 

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×