19/9/19
 
 
Salvini poderá candidatar-se à presidência da Comissão Europeia

Salvini poderá candidatar-se à presidência da Comissão Europeia

AFP Jornal i 18/10/2018 11:37

O vice-primeiro-ministro de Itália afirmou que há quem veja nele “um ponto de referência para a defesa dos povos, mesmo fora de Itália”

Matteo Salvini declarou, esta quarta-feira, que está a ponderar uma eventual candidatura à presidência da Comissão Europeia, no caso de se verificar a vitória de “uma coligação soberana” nas próximas eleições europeias.

Além de ser vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, Salvini é o dirigente da Liga, um partido italiano de caráter nacionalista, coligado ao Movimento Cinco Estrelas, para poderem governar a Itália.

Numa entrevista ao jornal italiano La Repubblica, Matteo Salvini afirmou: “É verdade. Amigos de diferentes países europeus já pediram que me candidate [à presidência da Comissão Europeia] ”. “É um privilégio que eles vejam em mim um ponto de referência para a defesa dos povos, mesmo fora de Itália”, acrescentou o líder de extrema-direita.

“Neste momento, com o orçamento, a Europa e os imigrantes, ainda não tive tempo para avaliar a proposta. Ainda falta muito para o mês de maio. Vamos ver. Vou refletir”, afirmou.

Salvini não deixou de tecer algumas críticas à Comissão e ao atual presidente, Jean Claude-Juncker, devido à posição de Bruxelas sobre o Orçamento do Estado de Itália. “Nós temos responsabilidades perante os 60 milhões de italianos e não perante eles [Comissão Europeia]. O orçamento não vai mudar nenhuma vírgula. Eles não podem enviar uma ‘troika’ ou comissários. Parem e deixem trabalhar o governo dos italianos”, afirmou.

Para ser nomeado presidente da Comissão Europeia é necessário que seja indicado por chefes de Estado e de governo e ter o apoio de um partido ou grupo maioritário no Parlamento Europeu.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×