29/3/20
 
 
Tempestade Leslie. Prejuízos ultrapassam os 80 milhões

Tempestade Leslie. Prejuízos ultrapassam os 80 milhões

DR Jornal i 17/10/2018 20:47

Dados são avançados pelas câmaras municiais das zonas mais afetadas pelo mau tempo.

De acordo com os dados preliminares avançados pelas câmaras municipais mais afetadas, os prejuízos causados pela tempestade Leslie, que afetou, na sua maioria, várias regiões da zona Centro do país, ultrapassam os 80 milhões de euros.

É na cidade de Coimbra que estão os maiores danos causados pela tempestade: que atingiu empresas, unidades turísticas, culturas agrícolas do Baixo Mondego, património cultural, milhares de habitações, escolas, instituições de solidariedade social e unidades de saúde.

Segundo avança a agência Lusa, na Figueira da Foz resultaram, da tempestade Leslie, prejuízos muito elevados, com uma estimativa avaliada em cerca de 32 milhões de euros, sendo que mais de 20 milhões de euros são em empresas. No entanto, os dados revelados poderão ainda aumentar, uma vez que ainda não se encontram incluídos na unidade industrial de pasta de papel do grupo Navigator e de unidades do grupo alimentar Lusiaves.
Já em Montemor-o-Velho, a tempestade terá causado prejuízos superiores a 21 milhões de euros, de acordo com uma primeira estimativa da autarquia.

A passagem da tempestade tropical Leslie chegou a causar ventos entre 180 a 190 quilómetros/hora - superiores aos registados nas estações meteorológicas oficiais, de acordo com a estimativa do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Recorde-se que a Proteção Civil mobilizou 8.217 operacionais, que responderam a 2.495 ocorrências.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×