11/12/18
 
 
Vítor Rainho 11/10/2018
Vítor Rainho

vitor.rainho@newsplex.pt

Como será a vida sexual dos famosos à escala planetária?

Imaginemos que algum Johny Depp da vida decide levar para casa alguém com quem se cruzou num bar e acabam por ter relações sexuais, totalmente consentidas, acrescente-se. É certo e sabido que corre o sério risco de a sua noite acabar nas páginas do “The Sun” ou de qualquer outro meio dado a revelar jogos de lençóis.

Há umas semanas vi um filme de série B e, confesso, não acabei de o ver, pois não passava de uma brincadeira de crianças. Estava com gripe e no canal do cabo surgiu essa coisa que deixou meio mundo excitado: 50 Sombras de Grey. O filme era de uma pobreza franciscana e os chamados jogos sexuais não eram novidade nem para uma freira. Mas houve uma cena do filme que me chamou à atenção: o artista que queria fazer umas brincadeiras sexuais – até ao ponto que eu vi, de dar umas palmadinhas no bumbum da rapariga, além de lhe tapar os olhos – exigia que esta assinasse uma declaração de que nunca revelaria o que faziam entre as quatro paredes.

E foi neste ponto que fiquei a pensar. Como será a vida das personagens de Hollywood ou do mundo do espetáculo? O comum dos mortais se vai para a cama com alguém que acabou de conhecer o máximo que lhe poderá acontecer é ver o seu nome e fotografia, no caso de estar a dormir e não dar por isso, nas redes sociais. Mas imaginemos que algum Johny Depp da vida decide levar para casa alguém com quem se cruzou num bar e acabam por ter relações sexuais, totalmente consentidas, acrescente-se. É certo e sabido que corre o sério risco de a sua noite acabar nas páginas do “The Sun” ou de qualquer outro meio dado a revelar jogos de lençóis.

Como é que então as ditas personagens famosas resolvem esse problema? Andarão com um contrato de confidencialidade com eles? Se não andam como podem garantir que uma one night stand não acaba por ser revelada ao mundo? As personagens famosas à escala planetária, e não estou a falar dos bimbos à portuguesa, não são como os outros. Quando põem um pé na rua têm tudo à volta a olhar para elas e o que fazem pode ser revelado nas redes sociais ou nos jornais sensacionalistas.

P. S. A alegada violação de Cristiano Ronaldo vai ter muitos novos episódios nos próximos dias. Se se provar que violou a americana não merece contemplação. Se for ao contrário, merece o pedido de desculpas de muita gente que noutros casos falou na presunção de inocência e que neste caso deu o veredicto muito antes de Ronaldo chegar sequer a tribunal.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×