15/12/18
 
 
Mulher de triatleta Luís Grilo e Diana Fialho tornam-se amigas na cadeia de Tires

Mulher de triatleta Luís Grilo e Diana Fialho tornam-se amigas na cadeia de Tires

Jornal i 10/10/2018 23:58

Ambas estão presas na cadeia de Tires por suspeitas de homicídio: uma do marido e outra da mãe adotiva

Rosa Grilo e Diana Fialho, ambas suspeitas homicídio, a primeira do marido e a segunda da mãe adotiva, tornaram-se amigas na cadeia de Tires onde se encontram presas. 

Esta quarta-feira, o jornal digital "Cascais24" escreve que as duas mulheres passam cerca de uma hora de recreio por dia juntas, estando, no entanto, afastadas das restantes reclusas.

Recorde-se que, tanto Rosa Grilo como Diana Fialho encenaram o desaparecimento dos familiares – uma do marido e outra da mãe - e que, antes de serem detidas, deram entrevistas à comunicação social mostrando desespero por não saberem onde é que estes se encontravam.

Mais tarde, Rosa Grilo foi detida por ser suspeita de, em coautoria com o alegado amante, ter matado o marido - o triatleta Luís Miguel Grilo - e de ter abandonado o corpo na região de Avis.

Já Diana Fialho, de 23 anos, filha adotiva da professora do Montijo Amélia Fialho, terá adotado o mesmo método para matar a mãe. A professora foi morta à martelada, após ser drogada em sua casa, no Montijo e, posteriormente, levada para um descampado na zona de Pegões, onde o corpo foi depois incendiado.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×