25/6/19
 
 
Negrão: Carlos Pereira "não oferece garantias de independência" na ERSE

Negrão: Carlos Pereira "não oferece garantias de independência" na ERSE

Miguel Silva Cristina Rita 10/10/2018 16:08

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, considerou esta quarta-feira, no debate quinzenal, que o deputado socialista Carlos Pereira "não oferece garantias de independência" para ocupar um cargo no regulador da energia, a ERSE.

O primeiro-ministro, António Costa, respondeu que a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública já deu o seu parecer favorável e aguarda que a Assembleia da República dê o seu aval. Ora, a audição do deputado foi adiada esta manhã, a pedido do CDS e do PCP e a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou o adiamento da audição como "prudente". 

Primeiro será ouvido o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

O PSD atacou a escolha de Carlos Pereira por ser um deputado  que pertence a órgão fiscalizador da entidade reguladora. Costa não gostou e lembrou que não conhece qualquer impedimento legal para um deputado assumir funções no setor regulador. Em todo o caso, o primeiro-ministro remeteu qualquer decisão final para o Parlamento, ainda que o parecer parlamentar não seja vinculativo.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×