15/12/18
 
 
José Cabrita Saraiva 10/10/2018
José Cabrita Saraiva
Opiniao

jose.c.saraiva@newsplex.pt

Tourada no Estádio da Luz

Uma parte do público, eufórica com a vitória, começou a provocar a equipa adversária dirigindo-lhe “olés” e imitando os cornos do touro com os dedos

Depois do apito final do Benfica-Porto do último domingo, os altifalantes do Estádio da Luz começaram a debitar uma música mais habitual nas praças de touros do que nos recintos desportivos. O Benfica tinha ganho aos rivais do Norte - algo raro nos últimos anos - e houve festa brava nas bancadas, com direito aos sons do pasodoble e às suas cornetas.

Uma parte do público, eufórica com a vitória, começou a provocar a equipa adversária dirigindo-lhe “olés” e imitando os cornos do touro com os dedos.

O significado daquela música não é para mim absolutamente claro - quereria dizer que o jogo foi uma tourada? seria uma forma de chamar “touros” aos adversários? seria para sugerir que o Porto levou “um baile”? - mas uma coisa parece certa: tinha o objetivo de espicaçar os adversários.

Neste momento em que o futebol português se assemelha a um pântano - com processos a decorrer na justiça, suspeitas gravíssimas de compra de resultados e acusações torpes trocadas em direto pelos comentadores televisivos - as grandes instituições como o Benfica têm a obrigação de pugnar pela decência neste desporto.

Que as claques entoem cânticos trogloditas já me parece vergonhoso; que o próprio clube, de forma “oficial” através dos altifalantes do estádio, contribua para esse clima de ódio e de achincalhamento é algo de inenarrável. A direção do Benfica devia, pois, pedir desculpa aos profissionais e adeptos do Porto; mas também a todos os adeptos encarnados que acreditam que um grande clube tem a obrigação de respeitar os adversários e de se respeitar a si próprio.

Mas há mais uma coisa. Toda a gente sabe que nestas rivalidades prolongadas as provocações não ficam sem resposta. Se este episódio contribuir para que, na segunda volta, o clima no Dragão seja mais hostil e houver adeptos benfiquistas agredidos, quem vai assumir a responsabilidade?

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×