24/8/19
 
 
Higiene Urbana. Câmara de Lisboa quer mudar regulamento e responsabilizar cidadãos

Higiene Urbana. Câmara de Lisboa quer mudar regulamento e responsabilizar cidadãos

Bruno Gonçalves Jornal i 04/10/2018 12:05

“Temos de ter exigência com quem limpa, mas também tempos de ter exigência com quem suja”

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) quer “aumentar a responsabilização” dos cidadãos relativamente à questão da higiene urbana. Ontem à noite, o vice-presidente da CML, Duarte Cordeiro, revelou que a autarquia pretende mudar o regulamento sobre a higiene urbana para que os cidadãos que não cumpram regras relativas a esta matéria passem a ser responsabilizados.

“Temos de ter exigência com quem limpa, mas também tempos de ter exigência com quem suja”, disse o responsável.

Durante uma reunião da autarquia que tinha como objetivo ouvir os munícipes das freguesias de Santa Clara e Lumiar, estes criticaram as várias falhas que têm sido denunciadas relativamente à higiene urbana da capital. O responsável admitiu que tem havido algumas dificuldades em dar uma resposta adequada, mas acredita que a “situação será normalizada muito em breve”.

O vice-presidente da autarquia deixou ainda a promessa de que, até ao final do ano, será feito um reforço dos recursos humanos na área da higiene urbana, lembrando que isso “não resolve” os problemas e, por isso, também pretendem “alterar o regulamento de depósito de resíduos na rua, para aumentar de alguma maneira a responsabilização das pessoas e dos comerciantes”.

Para além disso, Duarte Cordeiro revelou que uma campanha de sensibilização - que pretende “recordar as pessoas da sua responsabilidade enquanto cidadãs” - que iria ser divulgada em dezembro do próximo ano, será antecipada.

No mês passado, vários moradores da capital queixaram-se do aumento do lixo nas ruas de Lisboa.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×