15/11/19
 
 
Marcelo garante que Passos Coelho merece condecoração, apesar de este recusar

Marcelo garante que Passos Coelho merece condecoração, apesar de este recusar

José Sérgio Jornal i 01/10/2018 21:05

Questionado se ainda espera vir a abordar novamente e a condecorar o antigo primeiro-ministro durante o seu mandato presidencial, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que “depende” de Passos Coelho.

Marcelo Rebelo de Sousa disse esta segunda-feira que Pedro Passos Coelho merece ser condecorado, mas que respeita a decisão do antigo primeiro-ministro de considerar que “é cedo” para esse “reconhecimento nacional”.

O Presidente da República confirmou, à saída de uma conferência na Universidade Autónoma de Lisboa, que havia abordado Pedro Passos Coelho "há cerca de um ano, quando ele saiu das funções de líder do partido [PSD], sobre a hipótese de vir a receber, como os antigos primeiros-ministros, a Grã-Cruz da Ordem de Cristo”.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, Passos Coelho recusou a condecoração de uma forma “muito amável” e afirmou que “entendia que era cedo, no seu percurso, esse reconhecimento nacional".

“Eu acho que era merecida [a condecoração], merecida em valor absoluto e merecida em valor relativo, em atenção a uma prática tradicional. Mas, se o próprio entende que é cedo, há que respeitar essa razão", disse.

Questionado se ainda espera vir a abordar novamente e a condecorar o antigo primeiro-ministro durante o seu mandato presidencial, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que “depende” de Passos Coelho.

"Isso aí era eu estar a pronunciar-me sobre a intervenção política de alguém que depende em primeira linha dele. Portanto, não me vou pronunciar. Cabe ao próprio, um dia mais tarde, verificar se, sim ou não, estão preenchidas as condições para não ser cedo a condecoração. Agora vamos deixar o fluir dos acontecimentos na vida nacional e na intervenção do doutor Pedro Passos Coelho", rematou.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×