25/8/19
 
 
Taxistas criticam Medina. "Infelizmente, faz-se de morto"

Taxistas criticam Medina. "Infelizmente, faz-se de morto"

Bruno Gonçalves Jornal i 24/09/2018 20:00

Taxistas estão em protesto desde a última quarta-feira

Os taxistas criticaram esta segunda-feira a postura de Fernando Medina em relação ao protesto do setor e relembraram que Lisboa tem a maior praça de táxis do país.

"Infelizmente, faz-se de morto. Um presidente da Câmara de Lisboa, a maior praça de táxis do país, não é capaz de vir ter connosco", disse Carlos Ramos, presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT).

Carlos Ramos acrescentou ainda que Medina deveria opinar relativamente ao futuro do setor, tal como fizeram outros autarcas, e devia mostrar disponibilidade para discutir as preocupações dos taxistas.

"É degradante estarmos ali [Praça dos Restauradores, em Lisboa] há seis dias e nenhuma palavra", criticou também o presidente da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), Florêncio de Almeida.

Segundo Florêncio de Almeida, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa havia assumido o compromisso de se reunir com os taxistas uma vez por mês, na segunda manifestação do setor. Contudo, este é já o quarto protesto e nunca aconteceu nenhum encontro.

Recorde-se que, os taxistas manifestam-se em Lisboa, Porto e Faro, desde quarta-feira, contra a entrada em vigor, em 01 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal - Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé.

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×